Amante secreta

Estávamos nos relacionando havia algum tempo...Apesar de ele ser casado, nunca me preocupei com esse fato. Dez anos mais velho do que eu, moreno, não era muito bonito, mas a sua voz e o sotaque mineiro me deixavam louca. Seu modo de me tocar também era algo enlouquecedor. Das primeiras vezes apenas nos beijamos...depois começamos a nos amassar em qualquer rua escura dentro do carro...ate que um dia, estavamos no maior dos amassos, ele enfiou sua mão por dentro da minha calça jeans, ultrapassando os limites da minha calcinha e enfiando dois dedos na minha gruta, que essa altura estava ansiando por ele. Ike me olhou enquanto enfiava aqueles dedos em mim e depois chupou o suco que ficou neles....Não disse uma palavra. Ligou o carro, e seguiu pela estrada em direção de um motel qualquer. eu perguntava pra ele onde estavamos indo e ele nao dizia nada... mas eu o vi mexendo no seu pau, que estava enorme marcando na calça...ele só me olhava com cara de safado. Chegamos na frente de um motel e ele disse apenas uma coisa: -Eu estou há tres meses te beijando. Agora eu quero possuir você. Eu fiquei mais excitada ainda. Fomos entrando com o carro e ele me puxou pelos cabelos, me fazendo abocanhar aquela pica enorme e grossa saltando da calça dele enquanto manobrava o carro na garagem... Chupei-o vigorosamente, da cabecinha até o saco, enquanto minha mao direita ainda massageava o saco...e ele dizia, vai, putinha, sempre soube que voce chupava bem....olha essa sua boca...e boca de quem chupa bem..labios macios e lingua quente... chupei com força e mordia cada pedacinho com cuidado pra nao machucar, apenas pra dar um prazer extra, e passava a lingua pela cabeça daquele pau que estava latejando na minha boca...de repente, sem avisar, ele gozou na minha boca e eu aproveitei aquele momento pra lambuzar ele inteiro com a propria porra... Saimos do carro e ele me agarrou por tras. me fez tirar a calça jeans ali mesmo....e me colocou de frente pro capô do audi, com as pernas afastadadas... -vc é minha! disse ele.eu estava inteira tremendo de prazer...aquele homem que me deixava louca no trabalho, me pegando de costas, num motel qualquer, depois de meses de beijos calientes. Ike me penetrou devagarinho...pra eu sentir todo o volume do seu mastro enquanto me segurava pela cintura e me fazia gemer baixinho... eu girava o quadril em movimentos leves e ele ia me apertando com força a cintura, me estocando lentamente ate que nao aguentou mais e começou a meter com força, enquanto eu de olhos fechados, ia sentindo aquele pau entrando e saindo de mim, e as bolas batendo embaixo...e ele sussurrando palavras obcenas pra mim e eu ia rebolando naquela pica dura e grossa... ele ia estocando cada vez com mais força ate que nao resistiu e explodiu em um gozo que me deixou inteira encharcada. Me pegou pelos cabelos, com o pau ainda dentro de mim e mordeu minhas costas com jeito, e disse pra gente entrar que era so o começo. Subimos as escadas, eu fui indo na frente e ele atras de mim, segundo ele para que fosse admirando minha bunca enquanto subiamos e ia levando minha calca nas maos. eu estava de salto alto e apenas a blusinha cor de rosa e a calcinha da mesma cor...uma menininha, dizia ele. e ele queria comer aquela menininha de qualquer jeito... Entramos no quarto e ele ja foi me jogando em cima da cama, pois queria mais. Ele ficou de pé enquanto eu estava deitada de barriga pra cima com as pernas abertas. Ike tirou a camisa e eu fiquei olhando enquanto ele tirava a calça e a cueca com o pau ainda meio duro da transa da garagem... -Olha pra ele, olha pro teu pau. Vou meter inteirinho na sua boceta, minha menininha safadinha de rosa... e começou a bater uma punheta. mandou eu ficar de quatro na cama, de frente pra ele, e abrir a boca....ele enfiou o pau na minha boca e eu comecei a chupa-lo com vontade enquando ele me segurava pelos cabelos. quando senti que ele ia gozar, rapidamente parei e fiz pra provoca mesmo... ele me deitou e se deitou em cima de mim, buscando avidamente minha boca, com gosto do pau dele.Foi me beijando e descendo pelo pescoço, dando leves mordidinhas, descendo pelos seios, abocanhados por ele com uma avides incrivel. Passando a lingua pelos mamilos e descendo pela barriga..até chegar na minha xaninha que estava molhada e latejante....ele sugou de uma vez so e com força...e quando eu ergui meu quadril, de tanto tesao, ele enfiou a lingua e começou a fazer movimentos giratorios enquanto enfiava um dedo junto e acariciava meu clitoris. Gozei uma vez e ele nao achou o suficiente, continuou me chupando e me fodendo com a lingua....adoro ser fodida com a lingua... e ele percebeu isso e nao parava....eu estava subindo pelas paredes quando disse: -quero ser fodida agora pelo seu pau grossso, de uma vez so, com força, com violencia... me fode gostoso... e ele enfiou com tudo aquele pau na minha boceta encharcada de suco e de saliva, estocando tao fundo que parecia que ia me atravessar e eu naquela possição papai-mamae mas com as pernas em cima de seu ombro, era atravessada pela dor e pelo prazer, pois ele metia fundo parecia que ia me rasgar ao meio.... de repente ele me colocou de lado e continuou metendo forte enquanto mordia mninhas costas e me chamava de cadela no cio. dizia que eu era uma menininha gostosa e que tinha valido a pena passar todo aquele tempo apenas nos beijos. me fodeu de tudo quanto era jeito....de quatro, de lado, de pé, de costas.... e eu estava adorando. ate que pedi pra cavalgar nele e ele imediatamente deitou-se. Sentei naquela pica grossa, e dessa vez a dor era maior pois o pau inteiro entrando na minha xaninha apertada e eu sentia la no fundo e continuava cavalgando e remexendo naquele pau ate que ele começou a urrar de prazer e projetava o quaddril pra cima procurando estocar com mais e mais força...comecei a me remexer devagarinho enquanto ele se contorcia... e aquela visao dele se mexendo e urrando junto com as estocadas fundas me fizeram gozar e ele ficou ainda mais louco pois eu avisei que estava gozando enquando tb gemia e ele entao gozou depois de mim. gozou e ainda me deixou ali, sentada com toda aquela mistura de porra, de suor e de desejo....fiquei em cima dele ate sentir que o pau dele tinha amolecido... nos beijamos mais um pouco e a mulher dele ligou no celular, desesperada pois era pra ele estar na porta do trabalho dela as 18hs e ja eram 22hs. ele falou com ela calmamente e desligou...nos tomamos um banho juntos, nos vestimos, ele me deixou em casa e foi buscar a mulher. no dia seguinte, no trabalho, ficou me mandando emails indecentes pra gente sair novamente e de noite teve sessao reprise... Créditos: Julie - http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=70058

Comentarios

Minha nossa, quando comecei a

Minha nossa, quando comecei a ler tive impressão que eu escrevi isso... Tô na mesma situação e ele tbm é mineiroo...hehe e muitooo delicioso!

adorei

meu legal e mt louca essa história

Comentar

  • Não é permitida nenhuma tag HTML

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas de spam
Image CAPTCHA
Digite os caracteres que você vê.

Depoimentos recentes

Bruna Lisboa
Eu tive o prazer de estar com essa princesa em Maceió no começo...
43 semanas 3 dias atrás
Bruna Lisboa
É a mesma da foto, muito gata e educada. Recomendo, sabe transar...
48 semanas 4 dias atrás
Jayna, dupla penetração
Quero ver o video
1 ano 29 semanas atrás